Pular para o conteúdo principal

Devemos honrar as raízes








As raízes são fundamentais para o divino fluir da existência. Sem raiz não existe árvore. Nossos pais e avós são nossas raízes, devemos honrá-los. A qualidade da energia que devotamos á eles retorna imediatamente á nós, pois fundamentaram nosso existir aqui agora.
Muitas vezes, nos achamos injustiçados ou melhores que nossos antepassados e lhes negamos, e depois não entendemos porque nossas vidas não dão certo em determinados aspectos; como por exemplo nos relacionamentos e até mesmo no trabalho ou financeiramente. Existe um elo entre nós e nossas raízes, e ele pode estar bloqueado.


Mas também existe as raízes de uma nação, de um povo, de um país. As raízes do Brasil são os povos indígenas. Por isso o país deve respeitá-los, pois são a essência ancestral da nação, não importa se acham que são atrasados ou adiantados intelectual ou tecnologicamente, se possuem regras culturais esociais diferentes; devemos honrá-los pois fundamentam e nutrem a base da nação. assim também como devemos honrar todos os pioneiros que forjaram cada estado desta imensa nação: negros, orientais, europeus.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

NOSSAS RAÍZES PRECISAM SER RESPEITADAS

Kaká Werá fala sobre a questão indígena

Quatro atitudes de paz que nos tornam ricos

Não sabemos muitas vezes definir a palavra paz, mas quando a ouvimos, algo de bom ressoa em nossos corações. Onde há paz, há riqueza em todas as suas dimensões: social, econômica, ecológica, e pessoal.  Mas embora seja difícil definí-la, podemos pelo menos refletir sobre o que nos põe fora dela e o que nos aproxima, integrando-a. Na sabedoria ancestral são reconhecidas quatro atitudes que nos distancia de sua luz : A primeira atitude que a torna longe de nossa presença pacífica é a ideia de separatividade. Os mestres de sabedoria ensinam que somos uma só vida desdobrada em muitos, que embora tenhamos uma individualidade, em essência somos uma mesma respiração desa Vida. Mas criamos de nossas individualidades segregações, visões de mundo e sobre nós mesmos  que geraram conflitos diversos, que tem trazido desde tempos imemoriais toda sorte e graus de dificuldades nos relacionamentos e convivências. A  segunda atitude que nos distancia da paz é aquele aspecto julgador que habita em cada…