Do perdão


Uma das atitudes mais difíceis na vida é a de perdoar.
Perdoar é passar uma borracha definitiva em situações, coisas ou fatos que nos causaram mal,
aparentemente promovido por outras pessoas.
Sim, nunca somos nós que causamos mal, sempre é o mundo inteiro que nos causa mal.
Este é um raciocínio que tenho e acho que muita gente tem:
O culpado é o outro, o mundo, a vida.
Mas hoje estou fazendo um exercício de pensar diferente!
Estou pensando que independente de estar certo ou errado por qualquer situação que tenha me causado mal, deixo de alimentá-la, perdoando.
Assim, libero essa energia preciosa que estava me condenando a culpabilizações e outras coisas mais, e a transformo em paz!
Paz á todos!
E que o Grande Espírito decida na sua infinita justiça e profundeza de visão,
o que fazer com o mal que julgamos ter sido feito a nós.

Comentários

  1. Oi Kaká! Muito verdadeira essa reflexão e já fiquei pensando muito no que seria perdoar de verdade...Mas, creio que consegui perdoar pessoas, situações e a mim mesma...Mas não é fácil e é um exercício e uma atitude que deve sempre ser relembrada e realizada de coração. Bom fim de semana!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

comente este artigo

Postagens mais visitadas deste blog

Quatro atitudes de paz que nos tornam ricos

COMO TORNAR SEU LUGAR SAGRADO