Pular para o conteúdo principal

Índio não quer apito

Durante séculos o índio foi estigmatizado pela sociedade brasileira. Folclorizado pelo imaginário cultural, ganhou caricaturas canhestras na década de sessenta, após os filmes de bang bang americanos, como o de dizer as frases erradas, sempre no tempo do verbo fora de lugar. Na constituição nacional está dito que não é capaz de exercer cidadania, completamente.E ver um índio de roupa, tipo calça jeans e camisa, pronto! Claro! Já não é mais índio.
Lembro de um caso ocorrido com meu amigo, Marcos Terena,que quando tentou á décadas atrás estudar para ser piloto de avião, foi rejeitado inicialmente por afirmar ser índio. A solução que encontrou foi procurar outro lugar e dizer que era chileno.
O fato é que os índios estão organizados em associações, desenvolvendo projetos sustentáveis, se formando como educadores, criando organizações literárias, migrando do nordeste para o sudeste, habitando em periferias e favelas de diversas capitais, e tentando participar da vida cidadã em diversos níveis.
Afinal de contas, índio não quer só apito como diz a marchinha de carnaval, o que ele quer mesmo é um mundo melhor, ecologicamente sustentável e socialmente justo.
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

NOSSAS RAÍZES PRECISAM SER RESPEITADAS

Kaká Werá fala sobre a questão indígena

Quatro atitudes de paz que nos tornam ricos

Não sabemos muitas vezes definir a palavra paz, mas quando a ouvimos, algo de bom ressoa em nossos corações. Onde há paz, há riqueza em todas as suas dimensões: social, econômica, ecológica, e pessoal.  Mas embora seja difícil definí-la, podemos pelo menos refletir sobre o que nos põe fora dela e o que nos aproxima, integrando-a. Na sabedoria ancestral são reconhecidas quatro atitudes que nos distancia de sua luz : A primeira atitude que a torna longe de nossa presença pacífica é a ideia de separatividade. Os mestres de sabedoria ensinam que somos uma só vida desdobrada em muitos, que embora tenhamos uma individualidade, em essência somos uma mesma respiração desa Vida. Mas criamos de nossas individualidades segregações, visões de mundo e sobre nós mesmos  que geraram conflitos diversos, que tem trazido desde tempos imemoriais toda sorte e graus de dificuldades nos relacionamentos e convivências. A  segunda atitude que nos distancia da paz é aquele aspecto julgador que habita em cada…