Um terço dos miseráveis no mundo são índios

Um terço das 900 milhões de pessoas que vivem em extrema pobreza no mundo são indígenas, diz um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU) publicado nesta quinta-feira (21). O relatório A Situação dos Povos Indígenas do Mundo foi divulgado pelo Secretariado do Fórum Permanente sobre Questões Indígenas das Nações Unidas. De acordo com os resultados da pesquisa, a falta de acesso à saúde e educação faz com que a expectativa de vida da população indígena chega a ser 20 anos inferior à média nacional em alguns países, como Nepal e Austrália. Uma das mais graves ameaças a esses povos é o desrespeito por suas terras. O estudo ainda estima que em 100 anos, 90% de todos os idiomas indígenas devem desaparecer junto com suas tribos.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas