AS QUATRO ECOLOGIAS

Olhando a história do ser humano na Terra, constata-se o quanto ele é nocivo á natureza e consequentemente á todos os reinos de vida.. Existe uma distorção muito antiga no modo de relacionamento do Homem com o lugar onde a abundância e diversidade se manifesta. Urge buscar a correção destas distorções. Para isso creio ser necessário refletirmos sobre quatro ecologias: 1. A ecologia do individuo: onde cabe o exercício da auto-observação das nossas poluições mentais e emocionais que nos causam visões e sentimentos baseados no medo, na arrogância, nas diversas maneiras de síndromes, na tristeza, no pessimismo, na fantasia, etc... 2. A ecolgia social: onde cabe o exercício de colaborarmos com as questões relativas ás desigualdades sociais, a sustentabilidade, e também com a qualidade dos nossos modos de nos relacionarmos. 3. A ecologia ambiental: onde temos o dever de preservar a diversidade biológica, de rever os nossos conceitos de utilização dos recursos naturais, e zelar pelo equilíbrio climático, pois já passamos muito do ponto suportável da Terra. 4. A ecologia espiritual: o ser humano antes de mais nada é sustentado por crenças subjetivas, que direcionam o seu modo de se relacionar no mundo objetivo. Tais crenças constituem valores, hábitos, éticas; de uma diversidade de grupos humanos. Formam uma pedagogia da alma, e por isso devemos considerar o respeito por esta diversidade de crenças, e nos protegermos das soberbas de que as nossas são melhores do que as dos outros. Temos que evitar o caminho dos fundamentalismos e dos dogmas cristalizados que causam distorções, imposíções desenfreadas, guerras, ódios e diversos tipos de violência.

Comentários

Postagens mais visitadas