Pular para o conteúdo principal

Aos amigos de Itapecerica

Moro em Itapecerica da Serra, uma região de mata atlântica, na borda de São Paulo, onde as estradas que saem da metrópole vão para o sul do Brasil ou para o litoral paulista. Este lugar, pelo fato de ser uma área de manancial e formar uma parte de um cinturão verde da grande São Paulo, tem sido um refúgio para quem busca qualidade de vida. mas ele também abriga milhares de trabalhadores nas fronteiras periféricas da cidade; uma população rural de pequenos sitiantes e possui um alto índice de pobreza, segundo as estatísticas, mais de 54%. da população. Desde 1997, após fundar com minha esposa, Elaine Silva, o Instituto Arapoty, venho trabalhando em ações sociais com foco em valores humanos, consciência ecológica, respeito á diversidade cultural e empoderamento de comunidades, sejam elas tradicionais, indígenas, não indígenas, rurais, etc, e este tem sido o modo de serviço que eu e minha família, assim como inúmeros amigos que adquiri, vem prestando como uma maneira de transformar o mundo para melhor, a partir do próprio espaço em que habitamos.
Nesse instante da minha vida, aos 49 anos de idade, tomei uma decisão após longo tempo de reflexão, que é a de atuar dentro do espaço político da cidade, buscando levar uma experiencia social de quase duas décadas para, caso haja sucesso, colaborar para implementação de políticas públicas que levem em consideração a tão necessária e urgente sustentabilidade. Escolhi para atuar, localmente, o Partido Verde, que também não foi fácil, uma vez que seus antigos dirigentes na cidade de Itapecerica atuavam dentro de vícios políticos deploráveis, que não cabe estender aqui. Mas após um período de lutas e transformações internas no partido, a ponto de haver uma renovação na sua direção, adquiri a confiança de atuar neste espaço partidário. Minha identificação com os princípios e programa do PV é antiga, desde meados da década de oitenta que acompanho, tendo tido a oportunidade de batalhar por Marina Silva em 2010.
Hoje, com a expectativa de colaborar de modo efetivo para a semeadura de um novo modo de fazer política, que na verdade deveria ser o modo natural, ou seja, a partir de princípíos, valores éticos, integridade e visão sistêmica das ações, me torno um candidato á vereador na cidade. Para quê? Para mudar o mundo? Não, para ajudar a mudar o jeito de agir com as pessoas de nossos lugares; principalmente deixando de comprá-las ou mante-las sob dependência social, e mostrar pela experiência própria que isso pode ser feito oferecendo cultura e educação com qualidade.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A espiritualidade da natureza

A espiritualidade não é um movimento e nem uma ideologia. Não é uma teoria criada por alguém. Também não é privilégio de alguns. Embora não seja reconhecida por inúmeras pessoas.  A espiritualidade é um princípio universal que está na base da sabedoria humana. Ao longo da presença de diversas culturas pelo mundo desde épocas imemoriais ela tem estado presente em sistemas de conhecimento, filosofias, cosmovisões, memórias, etc. A mais antiga noção de espírito e de espiritualidade vem da natureza. Ela foi e é a inspiradora do reconhecimento e do desvendamento do mistério que somos. Nesse sentido as culturas que se formaram com laços fortemente traçados com a natureza desenvolveram uma espiritualidade e uma visão de espirito de extrema poesia e integração. Uma das culturas que se expressou de um modo agudo e profundo essa relação do espírito com a natureza foi a tradição tupi. Umas das mais antigas raízes culturais do Brasil.  A tradição tupi tem mais de 12.000 anos de presença na face …

TEKOA: COMO TORNAR UM LUGAR SAGRADO

Esses dias recebi uma frase no facebook, atribuída á um biólogo, que dizia o seguinte: "se desaparecessem todos os insetos da Terra, em 50 anos a vida no planeta se exterminaria; mas se desaparecessem os seres humanos, em 50 anos toda a Terra seria reconstituída e renovada com toda a sua biodiversidade" . Não creio que há exageros nisso, realmente nós, seres humanos temos tido comportamentos terríveis em relação ao modo como interagimos com o espaço em que vivemos: seja ele o ambiente, o lugar onde moramos e também com as pessoas com quem convivemos. Dizem alguns mestres de sabedoria que um espaço em desarmonia é resultado de uma mente em desarmonia. Uma casa em desarmonia é resultado de uma mente em desarmonia. Um corpo em desarmonia também é resultado de uma mente em desarmonia.Por isso, independente de ambientes sofisticados ou simples, ao cuidar do lugar, com gratidão e carinho, ele refletirá esse "clima". Assim também, quando arrumamos a nossa "casa" …

A raiz do xamanismo e da sabedoria tupi

É
É com grande alegria que anunciamos a publicação de mais este importante livro, que contém os preciosos fundamentos de uma das grandes tradições espirituais da América do Sul: a tradição ancestral tupi-guarani! "Desde os últimos duzentos anos de peregrinação tupi-guarani, existe uma profecia que fala do retorno de Tupã no coração dos Homens, para iniciar ‘a quarta humanidade’. Segundo essa antiga tradição, Tupã é um dos nomes do Grande Espírito, do Sagrado Mistério, da causa de toda emanação de vida. É a Consciência Infinita, presente, mas adormecida em nossos corações e mentes, que precisa ser despertada. Existe uma via chamada ‘Apecatu Ava-porã’, que significa O Caminho do Homem Sagrado. É um método de aprimoramento pessoal em que a natureza e suas forças apoiam o ser humano em seu alinhamento, despertar e integração da consciência a partir de músicas, meditações e sons apropriados. Para isso, ‘há que se conhecer o Trovão e o Vento’, diziam os antigos mestres Nessa via, o Tro…