Comissão Parlamentar visitou Kaiowá


O senador João Capiberibe (PSB/AP) registrou em plenário, nesta terça-feira, 11, o deslocamento de uma diligência ao município de Iguatemi (MS), para acompanhar de perto o conflito que coloca em choque a comunidade Guarani-Kaiowá e os fazendeiros do Sul daquele Estado.
A comitiva esteve formada pelas Comissões de Direitos Humanos do Senado e da Câmara Federal, composta pelos senadores Capiberibe e Randolfe Rodrigues (PSOL/AP), e cinco deputados federais: Janete Capiberibe (PSB-AP), Danilo Forte (PMDB-CE), Erika Kokay (PT-DF), Geraldo Resende (PMDB-MS), Penna (PV-SP), Ricardo Tripoli (PSDB-SP) e Sarney Filho (PV-MA).
“Lá encontramos uma situação estarrecedora: a comunidade indígena vivendo em condições absolutamente degradantes, praticamente encurralada nas margem do rio Hovy, sem ter possibilidade de acesso fácil e de contato com as comunidades do entorno” – destacou João Capiberibe.
Ele ressaltou que os líderes indígenas estavam assustados, temerosos por sua integridade física. Os parlamentares também ouviram os argumentos dos fazendeiros e do dono da Fazenda Cambará.
“Sentimos que, neste momento, há uma tendência de se procurar uma solução para esses conflitos, tanto de parte das comunidades indígenas que sofrem e vivem em condições de extrema precariedade, como também dos fazendeiros que, de boa-fé, ocuparam essas áreas” – ressaltou.
Para o senador, o Estado brasileiro colocou em conflito permanente produtores rurais e a comunidade indígena, porque outorgou títulos de propriedade em terras tradicionalmente ocupadas por indígenas, e esta situação precisa de uma solução.. 

Comentários

Postagens mais visitadas