Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 20, 2012

Aldeia Karioca é preparada para Rio mais 20

RIO - Índio quer trabalhar na aldeia Kari-Oca. Depois de uma viagem que durou três dias entre o Alto Xingu e o Rio — contando 12 horas de barco e o restante de ônibus —, 21 guerreiros tiveram que adiar a construção das ocas num terreno da Fiocruz, na Colônia Juliano Moreira, em Jacarepaguá. O grupo chegou na noite de terça-feira, mas só no fim da tarde desta quinta-feira o trator da prefeitura apareceu para limpar o terreno, tomado pelo mato. Como se trata de área verde, o município dependia de licença ambiental.
Os indígenas, de quatro nações diferentes, estão preocupados com o tempo: são necessários pelo menos dez dias para a montagem das ocas, que precisam ficar prontas antes de 12 de junho. O espaço sediará eventos paralelos à Rio+20, de 13 a 22 de junho. Na noite desta quinta-feira, o secretário municipal de Conservação, Carlos Roberto Osório, informou que a licença havia sido expedida, permitindo a limpeza, que prossegue durante o dia nesta sexta-feira.
Até esta …

Superar a miséria social é redignificar o ser

Durante muito tempo da minha vida presenciei que a prática da dependência social a partir de ações que acomodam as pessoas em recebimento de migalhas ocasionais causam grande dano á alma, á dignidade e ao senso de liberdade, tanto no nível individual quanto coletivamente.
A lógica de tais práticas são revestidas de um suposto "bem", contra um suposto "mal" social.
Foi assim que percebi que a melhor maneira de ajudar uma comunidade ou uma pessoa era estimulando-a á descoberta de métodos e possibilidades de ajudarem á si próprias, gerando condições favoráveis através de reflexões de possibilidades e tomadas de iniciativas, tanto no campo da sustentabilidade econômica quanto no campo afetivo pessoal.
Embora tenha trabalhado com indígenas com esse enfoque, percebo que também o indivíduo de classe social baixa necessita do mesmo tipo de estímulo.
Onde a ênfase é fomentar condições para a inserção da pessoa á condição de cidadão de verdade.