Pular para o conteúdo principal

Pele Vermelha

Washington Post publicou recentemente uma série de colunas debatendo a necessidade de mudança do nome da equipe local da Liga Nacional de Futebol Americano, o Washington Redskins, a fim de evitar tons racistas. “Redskins” (“pele vermelha”, na tradução livre) seria um desrespeito aos índios nativos americanos.
No dia 28 de janeiro, o Post decidiu não publicar uma pequena matéria sobre o time de natação feminino de uma escola em Bethesda. O motivo foi uma foto que mostrava as garotas com caras pintadas e penas – semelhante a trajes de guerras de índios. “Não quisemos ofender ninguém, caso alguém se sentisse ofendido, e não quisemos que as meninas recebessem algo que não mereciam”, explicou o editor de esportes, Matthew Rennie.
Em sua coluna [10/2/13], o ombudsman indaga se teria havido um “ataque repentino do politicamente correto” no jornal. Ele acredita que não. Matérias sobre escolas são atentamente acompanhadas por editores porque envolvem menores, que não devem estar no mesmo nível de avaliação que os atletas profissionais. Já as colunas sobre o nome do time de futebol americano foram publicadas pois o tema ganhou destaque na mídia, como explicaram os colunistas Courtland Milloy e Robert McCartney.
O Museu Nacional do Índio Americano realizou seu primeiro simpósio sobre nomes de times na semana passada, com Mike Wise, colunista de esportes do Post, como palestrante. Uma ação legal aberta contra o nome do Redskins terá sua audiência inicial em março. E até o prefeito de Washington, Vincent Gray, defendeu recentemente que haja um debate sobre o nome do time.
Patrick Pexton conversou com índios sobre os episódios e concluiu que eles se sentem ofendidos com o uso de penas e a pintura no rosto. Para eles, é como se estivessem se apropriando de suas tradições religiosas e culturais. Cada tribo tem um significado para as cores e penas usadas em rituais. É como se civis saíssem pelas ruas usando uniformes militares, o que é proibido por lei. Os índios também consideram o nome Redskins racista porque ele remete à colonização europeia. Pexton acredita que nem a equipe de futebol nem a de natação tenham tido a intenção de ofender, mas sim de honrar o espírito guerreiro indígena. No entanto, diz ele, é preciso respeitar o que pensam os índios.

Postagens mais visitadas deste blog

A espiritualidade da natureza

A espiritualidade não é um movimento e nem uma ideologia. Não é uma teoria criada por alguém. Também não é privilégio de alguns. Embora não seja reconhecida por inúmeras pessoas.  A espiritualidade é um princípio universal que está na base da sabedoria humana. Ao longo da presença de diversas culturas pelo mundo desde épocas imemoriais ela tem estado presente em sistemas de conhecimento, filosofias, cosmovisões, memórias, etc. A mais antiga noção de espírito e de espiritualidade vem da natureza. Ela foi e é a inspiradora do reconhecimento e do desvendamento do mistério que somos. Nesse sentido as culturas que se formaram com laços fortemente traçados com a natureza desenvolveram uma espiritualidade e uma visão de espirito de extrema poesia e integração. Uma das culturas que se expressou de um modo agudo e profundo essa relação do espírito com a natureza foi a tradição tupi. Umas das mais antigas raízes culturais do Brasil.  A tradição tupi tem mais de 12.000 anos de presença na face …

TEKOA: COMO TORNAR UM LUGAR SAGRADO

Esses dias recebi uma frase no facebook, atribuída á um biólogo, que dizia o seguinte: "se desaparecessem todos os insetos da Terra, em 50 anos a vida no planeta se exterminaria; mas se desaparecessem os seres humanos, em 50 anos toda a Terra seria reconstituída e renovada com toda a sua biodiversidade" . Não creio que há exageros nisso, realmente nós, seres humanos temos tido comportamentos terríveis em relação ao modo como interagimos com o espaço em que vivemos: seja ele o ambiente, o lugar onde moramos e também com as pessoas com quem convivemos. Dizem alguns mestres de sabedoria que um espaço em desarmonia é resultado de uma mente em desarmonia. Uma casa em desarmonia é resultado de uma mente em desarmonia. Um corpo em desarmonia também é resultado de uma mente em desarmonia.Por isso, independente de ambientes sofisticados ou simples, ao cuidar do lugar, com gratidão e carinho, ele refletirá esse "clima". Assim também, quando arrumamos a nossa "casa" …

A raiz do xamanismo e da sabedoria tupi

É
É com grande alegria que anunciamos a publicação de mais este importante livro, que contém os preciosos fundamentos de uma das grandes tradições espirituais da América do Sul: a tradição ancestral tupi-guarani! "Desde os últimos duzentos anos de peregrinação tupi-guarani, existe uma profecia que fala do retorno de Tupã no coração dos Homens, para iniciar ‘a quarta humanidade’. Segundo essa antiga tradição, Tupã é um dos nomes do Grande Espírito, do Sagrado Mistério, da causa de toda emanação de vida. É a Consciência Infinita, presente, mas adormecida em nossos corações e mentes, que precisa ser despertada. Existe uma via chamada ‘Apecatu Ava-porã’, que significa O Caminho do Homem Sagrado. É um método de aprimoramento pessoal em que a natureza e suas forças apoiam o ser humano em seu alinhamento, despertar e integração da consciência a partir de músicas, meditações e sons apropriados. Para isso, ‘há que se conhecer o Trovão e o Vento’, diziam os antigos mestres Nessa via, o Tro…