Vida

A vida entra pela janela da manhã
e descansa sua luz nas águas
da umidade da terra, no silencio das pedras...
e prossegue nas folhas, nas raízes
das vozes dos insetos
e no brilho dos olhos dos animais.
O homem também vibra seu tom,
mas as vezes esquecido de si.

Comentários

Postagens mais visitadas