OLHAR PARA DENTRO

estamos cada vez mais sujeitos ás influencias das mídias, dos preconceitos, dos lugares comuns, dos estereótipos que nos vestem. Somos bombardeados diariamente por modelos cujos propósito maior é o consumo pelo consumo. Modelos de tamanho, de peso, de cor, de satisfação, de pensamentos.
Ou seja, a vida moderna é contra a individualidade, a originalidade, a diversidade de habilidades e possibilidades. Mas a natureza ensina que é justamente as originalidades e diversidades de formas, tons, aromas, frutos que geram a verdadeira prosperidade e o equilíbrio em todos os sentidos. Por isso é necessário estarmos atentos á nós mesmos. Nossos modelos internos. Nossos parâmetros internos. Nossos paradigmas. Por isso é necessário fecharmos os olhos para fora e abrirmos o olhar interior e tocar mais detidamente a nossa essência e seu potencial, sua vontade, suas habilidades. Isto é gerar liberdade. Aquela liberdade que não castra a liberdade do outro, mas contribui para a interação das múltiplas liberdades que forma a coletividade humana. Sim, liberdade de ser. Precisamos de ti. antes que seja tarde.

Comentários

Postagens mais visitadas