Pular para o conteúdo principal

Qualidade de vida

Frequentemente ouvimos a expressão "qualidade de vida" nos mais diversos setores da sociedade e nas mais diversas origens de pessoas. É uma coisa que todos querem. É uma palavra que cai bem em muitos tipos de discursos. No entanto, o que é qualidade de vida para uns, pode não ser o mesmo para outros. Tem gente que associa qualidade de vida com mansões, iates e milhões na conta, mesmo se isto for resultado de atividades ilícitas, ou as custas de exploração inconsequente da natureza. 
No entanto tem gente que associa qualidade de vida á um encadeamento de relações de equilíbrio social, ambiental, econômico e pessoal. São pessoas que reconhecem que a vida é um encadeamento de relações e que existe uma interdependência entre elas. São pessoas que sabem que uma atitude pessoal reflete em seu grupo familiar, social, e na comunidade maior a qual estamos todos inseridos. 
Aprendi com este segundo tipo de pessoas que qualidade de vida deve levar em consideração quatro tipos de cuidados: o cuidado consigo próprio, o cuidado com o lugar em que vivemos, o cuidado com o outro; e o cuidado com todas as formas de vida, das mais pequenas e supostamente inferiores até aquelas que se supõe superiores.  
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

NOSSAS RAÍZES PRECISAM SER RESPEITADAS

Kaká Werá fala sobre a questão indígena

ÍNDIO É PROGRESSO

Da época da colonização para os tempos atuais de certa forma ocorreu uma evolução no relacionamento da sociedade para com os povos indígenas. No início foram escravizados. Pouco mais de um século depois, com o advento da escravização africana foram perseguidos para serem mortos por serem considerado “estorvo” para os caçadores de tesouro. Com o tempo, foi-se caipirizando e caboclando os remanescentes das mais diversas etnias e apagadas suas memórias ancestrais.   Somente na metade do século XX é que começou a haver um interesse mais humanista pela diversidade étnica brasileira, que coincidiu com o delineamento da democracia nos anos 80, colaborando  também para surgir um movimento de cidadania indígena e revitalização de suas lutas históricas. No passado foram as chamadas “bandeiras” que destituíram milhares de comunidades de suas tradições e modo de ser. Atualmente  a pressão de grandes obras de infraestrutura em locais que por direito é destinado á povos indígenas ou á preservação amb…