O poder do respeito e da reciprocidade


Em um mundo onde ainda se guerreia em nome de uma cultura e visão de mundo supostamente superior contra outra supostamente inferior, onde uma religião se acha melhor que a outra, falar em tolerancia talvez não seja suficiente. Tolerar tem significado manter a hostilidade e consequentemente a prontidão para um possível ataque.  Existe muita cegueira e ignorancia por parte do dogmatismo e do fundamentalismo.
Por isso creio que o ideal é trocarmos a tolerancia pelo verdadeiro respeito. Respeitar outra cultura, outra religião, outra etnia de um modo mais profundo. E isso se consegue havendo abertura para a apreciação. É necessário apreciar o outro. Não precisa abrir mão de si. De suas convicções, idéias, visão de mundo. Mas ao ouvir e ver as do outro com apreciação abre-se o canal de respeito e de reciprocidade. 
Nesse sentido, o Papa Francisco tem demonstrado através de sua prática o quanto ele respeita realmente o outro. Ve-se em suas atitudes como ele respondeu á questão da diversidade, da ecologia e o respeito ás etnias indígenas. Esse é o caminho de uma cultura de paz. 

Comentários

Postagens mais visitadas